13/12/2017 / Mercado Imobiliário

Paisagem de Palmas se verticaliza e cidade é opção para quem busca investir em imóveis

Palmas, a última capital planejada do século está passando por uma grande transformação nos últimos anos. A paisagem, antes totalmente horizontal, agora está cada dia mais verticalizada. Edifícios comerciais e residenciais surgem de forma discreta, e quando você menos imagina eles estão ali, dando um ar de cidade grande à capital mais jovem do país.

Mesmo com 28 anos e com muito espaço a ser explorado, Palmas segue uma tendência das grandes cidades brasileiras. A verticalização, nas áreas mais valorizadas. O crescimento acelerado da Capital se traduz em oportunidade para quem quer investir em imóveis, ou até mesmo para quem busca viver em apartamentos, em áreas nobres da cidade, por um preço mais acessível comparado ao praticado em outras capitais brasileiras. Uma cidade que está em franco crescimento, onde investir em imóveis, em áreas nobres, ainda é uma realidade para muitos.

Em uma recente publicação na coluna Etiqueta Financeira, do Portal Exame, Mauro Calil, fundador da Academia do Dinheiro, explicou que a economia brasileira dá sinais de recuperação e a inflação também vem caindo bastante. “A pessoa que tem um valor para investir em um imóvel deve aproveitar o momento para barganhar. Como a oferta está muito grande em relação a demanda, com dinheiro em mãos é possível fazer um ótimo negócio”, argumenta.

Outro fator que deve ser levado em consideração, é que a recente crise econômica que afetou o país fez com que alguns valores ficassem congelados, porém, com o reaquecimento do mercado, a tendência é que logo os preços voltem a subir. Ou seja, concretizar um negócio agora pode sair muito mais em conta que daqui a alguns meses.

Entre as melhores capitais para se viver

E se o cenário nacional aponta para a recuperação da economia e o aquecimento do mercado imobiliário. Palmas, pode ser o local ideal para se comprar um imóvel. Como dito antes, além de ser um mercado novo, onde os preços ainda não são exorbitantes, a Capital também figura entre as melhores do país em termos de qualidade de vida. Em um estudo realizado pela consultoria Macroplan, a cidade mais populosa do Tocantins foi listada como a 6ª melhor capital brasileira para se viver e a 1ª da região norte do país. A pesquisa analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores, divididos em quatro áreas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade.

De olho no Mercado

A JP Arquitetura, referência na área da construção civil, em Palmas, é responsável por alguns dos edifícios mais modernos da cidade. Em 13 anos de existência foram 13 empreendimentos construídos. E no que depender da empresa, a verticalização de Palmas não deve parar tão cedo, isso porque, de acordo com o Diretor Presidente da JP Arquitetura, João Paulo Tavares, outros dois grandes residenciais, devem ser entregues nos próximos anos. O Torre Ouro Residence, que teve suas obras iniciadas em outubro, próximo a uma das principais avenidas da cidade, e o Diamante do Lago, um empreendimento de duas torres, onde a primeira delas, antes mesmo de ser finalizada, já se encontra 90% vendida. O residencial está ao lado do principal shopping da Capital tocantinense.